J. Lloyd Eaton

Home

Eaton Collection

Past conferences

PROGRAM

Call for papers

Student Short Story Contest

Registration

Directions

Photos and News

 

April 30:

The Science Fiction Studies symposium on "The histories of Science Fiction," with talks by De Witt Douglas Kilgore, Veronica Hollinger and Roger Luckhurst.

 

C a l l   f o r   p a p e r s 

 in French

 in Portuguese

in Japanese

in Russian

in Polish

 in Spanish

The conference language is English. Please submit your abstract and paper in English. Papers must not exceed 20 minutes. This time limit will be strictly enforced so please prepare your presentation accordingly.

Viagens fantásticas: Além de Júlio Verne

A partir da história bíblica do Dilúvio e A Odisséia, as histórias das viagens fantásticas têm moldado o mundo da literatura, mas nenhum escritor tem feito tanto quanto Júlio Verne para construir esse mecanismo como uma maneira de narrar os assuntos contemporâneos. A UCR Libraries’ Eaton Science Fiction Collection, em coordenação com a North American Jules Verne Society, propõe três dias e meio para analisar as tradições exploradas por Verne, o próprio extraordinário trabalho de Verne e sua ampla influência na novela e cultura contemporânea. Em 1863, Júlio Verne publicou o primeiro de sessenta e quatro romances e coleções de pequenas histórias que são conhecidas como as "Viagens fantásticas". São amplamente reconhecidas as influências de Verne no coração da moderna ciência ficção: o centro da terra, o fundo do mar, o espaço extraterrestre. Porem, mais importante é a sua influência sobre a forma moderna de ficção científica: a viagem fantástica tornou-se uma razão fundamental pela qual o conhecimento científico está relacionado com a exploração dos mundos ricamente imaginados. Esta conferência irá explorar as implicações das viagens fantásticas, como uma forma de narrativa e ideologia no mundo da ficção científica contemporânea.
A Conferência da às boas-vindas aos acadêmicos, colecionadores e simpatizantes entusiastas das viagens fantásticas e dirige seu interesse às seguintes perguntas (ainda que não esteja necessariamente limitada a essas perguntas): Qual é o lugar da viagem fantástica na complexidade dos gêneros que estruturam a proto-ciência ficção: a utopia, o romance científico, a história da terra oca, as Robinsonadas, e assim por diante. Como têm sido relacionadas as viagens fantásticas aos discursos das viagens de exploração e turismo, as revoluções científicas e tecnológicas, à história do colonialismo europeu e ao nascimento do militarismo industrial? Como é que a ênfase em uma abordagem pormenorizada dos mecanismos de locomoção (balões, foguetes, máquinas a vapor, submarinos, trens, aviões) transforma uma viagem imaginária em viagem fantástica e como esta técnica tem influenciado outras tradições da ficção científica? Será que o tema da viagem, o transporte através de fronteiras físicas e destinos muito longes, serve como alegoria para o contacto e a comunicação através de outros tipos de fronteiras (lingüísticas, étnicas, de gênero, socioeconômicas, nacionais)? Como os escritores do século XX (os chamados “steampunks”), alteram os legados de Verne e outros escritores de ficção científica do século XIX, quer a sério ou satiricamente, como um paradigma ou uma imitação? Após a morte de Verne, o que há dos personagens de Verne e, mais genericamente, o que é que está ficando para escritores de ficção científica do século XIX? Quens são os que aparecem nas inúmeras revisões e elaborações dos escritores do século XX e XXI? Quais são as influências dos para-textos de Verne nas obras de ciência ficção contemporânea: os milhares de mapas, ilustrações, fotografias, primeiras edições encadernadas e decoradas a cores? Como tem sido traduzida a viagem fantástica a outras culturas e outros meios de comunicação, desde livros de quadrinhos, romances ilustrados, filmes e textos digitais, e com que conseqüências? 
Resumos com uma extensão de 300 a 500 palavras (para apresentação e comunicação de 20 minutos de duração) devem ser enviados antes de 15 de dezembro de 2008 a Melissa Conway, Chefe de Coleções Especiais e Arquivos, Biblioteca da Universidade da Califórnia em Riverside, no seguinte endereço eletrônico: Melissa.Conway@ucr.edu.